Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Longas filas e falta de atendimento marcam 1º dia da greve dos bancários

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

Clientes tiveram que enfrentar longas filas para autoatendimento (Foto: Catarina Costa/G1)Clientes tiveram que enfrentar longas filas para autoatendimento (Foto: Catarina Costa/G1)

Longas filas marcaram o primeiro dia da greve dos bancários do Piauí. A paralisação que acontece em todo Brasil pegou de surpresa muitos clientes das agências públicas e privadas nesta terça-feira (30). Em alguns estabelecimentos, apenas os caixas eletrônicos estão funcionando, enquanto em outros foi liberado o atendimento especial para idosos e gestantes.

Agências do Piauí aderiram a greve nacional (Foto: Catarina Costa/G1)Agências do Piauí aderiram a greve nacional
(Foto: Catarina Costa/G1)
Bancários se reuniram em frente das agências para orientar população da greve (Foto: Catarina Costa/G1)Bancários se reuniram em frente das agências
para orientar população da greve (Foto: Catarina
Costa/G1)

Recém-operada, a dona de casa Odete Maria Conceição reclamou da demora para conseguir sacar o dinheiro no caixa eletrônico. "Estou mais de uma hora esperando e a fila não anda. Se soubesse da greve nem tinha vindo, pois já estou passando mal pela quantidade de pessoas aqui no banco. Não sei se vou aguentar, ainda corre o risco de chegar minha vez e estar sem dinheiro", declarou.

Outro que desconhecia a greve é o deficiente físico Alberto Duarte, de 74 anos. Ele contou ter vindo até a agência somente porque a atendente marcou esta data para lhe entregar a segunda via do seu cartão. "Eu dependo disso para receber minha aposentadoria. Já fui reclamar e estou aguardando uma resposta, porque se não me atenderem, ficarei sem dinheiro", contou.

O bancário Alberto Duarte destacou que os funcionários estarão todos os dias de greve na porta das agências para alertar sobre o movimento e alertou sobre o risco de faltar dinheiro no autoatendimento. "Nós queremos que as pessoas sofram o minímo possível com a greve, mas infelizmente as reposições nos caixas eletrônicos não serão feitas até um acordo com a categoria", explicou.

Segundo o Sindicato dos Bancários, a greve deve afetar cerca de três mil funcionários no Piauí. A categoria reivindica reajuste salarial de 12,5%, 13º, cesta alimentação, auxílio creche de R$ 724 ao mês, mais segurança nas agências e novas contratações.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários