Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Polícia prende o segundo suspeito de assassinar taxista em Teresina

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

A polícia prendeu por volta das 10h30 desta sexta-feira (29) o segundo suspeito de assassinar o taxista Carlos Alberto de Sousa no Centro de Teresina. Segundo o delegado Menandro Pedro, coordenador do Grupo de Repreensão ao Crime Organizado (Greco), o jovem foi preso horas depois do crime e encaminhado para a sede do Greco onde permanece detido. O outro suspeito de participação na morte do taxista já havia sido preso e por pouco não foi linchado por taxistas que conseguiram seguir a viatura da polícia.

Taxistas fizeram manifestação em frente ao Greco em Teresina (Foto: Gilcilene Araújo/G1)Taxistas foram até a delegacia assim que souberam da prisão do suspeito (Foto: Gilcilene Araújo/G1)

“Esse rapaz já confirmou participação no crime e vamos fazer de tudo para que ele continue preso. Estamos trabalhando o mais rápido possível para dar uma resposta para a população”, explicou o delegado.

Assim que souberam da prisão, taxistas foram à sede da Greco e fizeram mais um protesto. Eles bloquearam a Avenida Gil Martins e tentaram invadir a delegacia para ver o preso. Revoltados com o assassinato do colega, os trabalhadores chegaram a queimar pneus em frente à Central de Flagrantes na manhã desta sexta-feira e também ameaçaram incendiar a casa onde o primeiro homem foi preso.

O delegado Menandro Pedro conversou com a categoria e assegurou que o suspeito não seria liberado. O primeiro homem preso teve que ser encaminhado para um hospital para receber atendimento médico após ter sido agredido pelos taxistas. A polícia não informou para qual hospital ele foi levado.

Carlos Alberto de Sousa foi morto a tiros por dois homens na manhã desta sexta-feira na Rua Anísio de Abreu, no Centro de Teresina. Segundo o tenente da Polícia Militar, José Assis Gonzaga, populares informaram que dois assaltantes sequestraram o taxista e depois o mataram. O carro da vítima foi levado pelos assaltantes e abandonado momentos depois na Ponte Estaiada, na Zona Leste, em Teresina. Câmeras de vigilância de um condomínio conseguiram flagrar a ação dos criminosos e o momento em que a vítima tentava fugir.

A família ainda aguarda a liberação do corpo no Instituto Médico Legal (IML) e o velório deve acontecer na casa da vítima no bairro Aeroporto, Zona Norte da capital.

 


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários