Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Cadela vítima de maus tratos e suspeita de estupro é adotada no PI

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade
Após cuidados, "Preta" passa bem e será adotada.  (Foto: Juliana Diniz/ArquivoPessoal )Após cuidados, "Preta" passa bem e
será adotada. (Foto: Juliana Diniz/ArquivoPessoal )

Uma cadela que foi vítima de maus tratos e suspeita de estupro na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí, está  internada em uma clínica veterinária.  A voluntária da ONG 7 Vidas, Socorro Veras, comentou que recebeu a denúncia sobre o caso no fim de semana, mas somente na segunda-feira (26) conseguiu internar o animal. Preta, como é chamada, será adotada pela dona de casa Francisca Maria da Silva, 57 anos.

“Quando fomos pegar a cadela ela estava com um grande corte no pescoço e já estava com ‘bicheira’ porque moscas já haviam depositados ovos no ferimento. Também recebemos a informação que o acusado do crime é um ex-presidiário e já havia estuprado e esfaqueado uma égua”, disse Socorro Veras.

A médica veterinária Juliana Diniz explicou que o corte no pescoço da cadela foi feito com um fio elétrico e por sorte não rompeu os vasos sanguíneos e nem perfurou nenhum órgão próximo da garganta. Com relação ao estupro, Juliana esclareceu que a cadela passou um período sem urinar, mas que não poderia confirmar o ato porque as sequelas não foram clinicamente comprovadas.

Para Francisca Maria encontrar Preta toda machucada com o corte no pescoço foi uma grande tristeza. “Essa cachorrinha já andava aqui em casa, mas não era minha. Só que eu acabei me apegando a ela e deu o nome de Preta. Ela já era aqui de casa, mas teve um dia que sumiu daqui e quando voltou já foi com o ferimento.  Foi tão triste. Agora, eu vou adotá-la de verdade. Eu vou cuidar dela, ela vai ficar no meu quintal e ninguém mais vai fazer essa maldade com ela”, disse.

Apoio Financeiro
A Ong 7 Vidas tem dedicado cuidados aos animais que são vítimas de maus tratos na cidade de Parnaíba, no entanto, a organização está precisando de ajuda financeira para pagar dívidas em clinicas veterinárias, inclusive o tratamento da cadela Preta. Para ajudar, basta depositar qualquer valor na conta corrente do Banco do Brasil: Agência 3137-2, Conta 26.030-4, Associação Parnaibana de Proteção aos Animais.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários