Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Eva Wilma apresenta o espetáculo 'Azul Resplendor' em Teresina

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

Eva Vilma fala sobre peça Azul Resplendor (Foto: Gilcilene Araújo/G1)Eva Vilma fala sobre peça Azul Resplendor (Foto: Gilcilene Araújo/G1)

O Espetáculo “Azul Resplendor – A Comédia do Theatro” está em cartaz em Teresina, com apresentações nesta sexta-feira (25), sábado (26) e domingo (27) no Teatro 4 de Setembro. A peça, protagonizada pela atriz Eva Wilma, que neste ano comemora 60 anos de carreira, traz uma rara combinação entre o humor ácido e a delicadeza. Para ela, o texto expõe os conflitos e a luta diária daqueles que buscam viver das artes cênicas no Brasil.

“A peça fala sobre artes cênicas em geral. Ela fala, principalmente, sobre os malucos, do ponto de vista da sobrevivência, que insiste em sobreviver da arte em um país como o nosso, que não possui estruturas para a questão cultural”, comenta Eva Wilma, afirmando que também é “uma louca que tenta sobreviver através do teatro”.

A comédia, escrita por Eduardo Adrianzé com direção de Renato Borghi e Elcio Nogueira Seixas, também conta com a participação de Renato Borghi, Guilherme Weber, Luciana Borghi, Débora Veneziani e Felipe Guerra. Eva Wilma explica que esse encontro é um verdadeiro encontro de gerações e o texto traz alegria tanto para os protagonistas como para o público.

“Eu me apaixonei pelo texto, que é de um autor peruano, até porque o público se diverte e nós também. Além de divertir, eu tenho o privilégio de colocar, no começo e no final do texto, pequenos monólogos altamente poéticos e delicados, que abordam a finitude da vida”, afirmou Eva, que, com essa peça, também comemora 80 anos de vida.

Sobre a Peça
Azul Resplendor foi escrito por Eduardo Adrianzé, em 2005. A peça, que retrata um pouco da vida de um ator, revela os bastidores de todos os profissionais do teatro, expondo com delicadeza e ironia as relações de poder, os afetos, as ambições, as vaidades, frustrações e manias dos atores quando se juntam para ensaiar um ato.  Para isso, o dramaturgo buscou personagens típicos dessa realidade, como a nobre atriz dramática aposentada precocemente, o eterno coadjuvante recalcado, o diretor audacioso e prepotente, a invisível assistente de direção e os jovens atores que buscam de fama e poder de qualquer maneira.

Sobre o atual espetáculo, Eva Wilma interpreta Blanca Estela, que é uma grande dama do teatro, mas está afastada de seu ofício há mais de 30 anos. Blanca recebe um pedido inusitado de um fã, o Tito Tápia, interpretado por Renato Borghi: ele quer que ela interprete uma peça de sua autoria em memória da mãe falecida. E, apesar de ter sido um dos maiores nomes do teatro, Blana possui um amargo desprezo por esse mundo, mas, mesmo assim, decide aceitar a proposta.

Serviço
O Espetáculo “Azul Resplendor – A Comédia do Theatro” está em cartaz no Teatro 4 de Setembro, na Praça Pedro II, Centro de Teresina, com apresentação nos dias 25, 26 e 27 de julho, às 20 horas.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários