Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Após 11 arrombamentos, insegurança em Fórum de Corrente é investigada

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

No período de um ano e meio, o Fórum do cidade de Corrente, no Sul do Piauí, sofreu pelo menos 11 arrombamentos. Na tentativa de solucionar a falta de segurança e a precariedade do prédio, o Ministério Público do Piauí, por meio do promotor de Justiça Rômulo Cordão, instaurou procedimento investigatório para apurar a situação do Fórum, requisitando perícia do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Vigilância Sanitária no local.

Fachada do Fórum de Corrente (Foto: Fórum de Corrente)Fachada do Fórum de Corrente (Foto: MPE/Divulgação)

Rômulo Cordão comentou que, durante as ações criminosas, assaltantes chegaram a colocar fogo em alguns processos, além de furtarem drogas e armas que haviam sido apreendidas em investigações. “A constante ocorrência desses arrombamentos, já que chegamos a ter três em uma única semana, está relacionada à falta de segurança: o fórum não possui cerca, muro alto, câmeras, grades nas janelas e nas portas, alarmes e segurança armada”, disse o promotor. 

Parte do teto está aberto com a fiação eletríca exposta (Foto: Fórum de Corrente)Parte do teto está aberto com a
fiação eletríca exposta (Foto: MPE/Divulgação)

Para ele, a vulnerabilidade do fórum também é preocupante porque o espaço é insalubre para os profissionais, pois possuem diversas infiltrações, iluminação precária, banheiros danificados e não possui acessibilidade. “Isso é um absurdo. O Fórum está em um total descaso”, lamentou o promotor.

Processos são amontuados por falta de estrutura (Foto: Fórum de Corrente)Processos são amontuados
por falta de estrutura (Foto: MPE/Divulgação)

A cópia do procedimento também foi enviado para o Tribunal de Justiça do Piauí e a Corregedoria Geral do TJ-PI, Procuradoria Geral de Justiça do Piauí e Corregedoria Geral do Ministério Público do Piauí, Associação Piauiense do Ministério Público (APMP), OAB-PI, Sindicato dos Servidores da Justiça, Defensoria Pública Geral, Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Facção Criminosa
Rômulo Cordão também alertou que na primeira quinzena do mês de julho, em um dos arrombamentos, os criminosos escreveram com um pincel em um dos monitores e no chão com pólvora, uma frase relacionada a uma facção criminosa.  Para o promotor, a frase pode não estar relacionada a facção, mas usada para amedrontar ou ameaçar a população.

O G1 tentou contato com a assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça do Piauí até às 16h39, mas não obteve retorno.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários