Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Ato marca início da XIII Marcha contra a Corrupção e pela Vida no Piauí

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

Ato público marca o início da XIII Marcha contra a Corrupção e pela Vida (Foto: Juliana Barros/G1)Ato público marca o início da XIII Marcha contra a Corrupção e pela Vida (Foto: Juliana Barros/G1)

Um ato público realizado nesta quarta-feira (23) na Praça da Liberdade, Centro de Teresina, marcou o início da XIII Marcha contra a Corrupção e pela Vida. O evento é organizado pela Força Tarefa Popular e tem como objetivo contribuir para a conscientização da sociedade para a participação direta na fiscalização dos gastos públicos, visando o controle e o combate à corrupção.

Ato para início da XIII Marcha contra a Corrupção e pela Vida (Foto: Juliana Barros/G1)Ato para início da XIII Marcha contra a Corrupção e
pela Vida (Foto: Juliana Barros/G1)

“Passamos pelas cidades denunciando obras paradas, cobrando o que de fato é necessário para a comunidade, além de mostrar para a população como lutar pelos seus direitos. Outro objetivo nosso é estimular as pessoas a participar das atividades das câmaras municipais fiscalizando os balancetes, como permite a lei”, explicou o advogado e um dos organizadores da Marcha, Arimatéa Dantas.

Durantes os 13 anos de existência, a marcha já percorreu cerca de 2.700 km a pé e este ano vai sair da cidade de Queimada Nova, passar pelas cidades Lagoa do Barro, Campo Alegre do Fidalgo e São João do Piauí. “Durante esses anos já conseguimos várias ações, entre elas a construção do calçamento de ruas da cidade de Simplício Mendes, denunciamos vários prefeitos inadimplentes, duas adutoras paradas na região de São Raimundo Nonato e muitas outras”, destacou o advogado.

Arimatéa Dantas, advogado e um dos organizadores da Marcha (Foto: Juliana Barros/G1)Arimatéa Dantas, advogado e um dos organizadores
da Marcha (Foto: Juliana Barros/G1)

A Marcha deste ano tem como tema “Corrupção é gol contra” e conta com a participação de cerca de 20 pessoas de vários estados brasileiros, como por exemplo, São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso e Distrito Federal.

Entre os participantes da marcha está Fernando Mello, pesquisador da Georgetown Universit, de Washington, Estados Unidos. “Eu sou brasileiro, mas estou em Washington realizando pesquisas na área de Ciências Sociais. Conheci a marcha através da Transparência Internacional, que é uma organização que tem como principal objetivo a luta contra a corrupção, e resolvi participar dessa experiência. Essa é a minha primeira vez e busco observar de perto a ação e os resultados desta marcha”, falou o pesquisador.

O advogado Arimatéa Dantas ainda afirmou que a marcha é formada por voluntários e é referência nacional. “Hoje somos uma referência no combate a corrupção e queremos mostras que ser honesto é o caminho mais seguro para os gestores públicos”, finaliza o organizador.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários