Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Mulher esfaqueada ao ser perseguida pelo marido no PI continua internada

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

A professora Maria das Dores Campos, que ficou gravemente ferida após ser esfaqueada na tarde da quarta-feira (22) na cidade de Campo Maior, Norte do Piauí, continua internada no Hospital de Urgência de Teresina e segundo informações da própria instituição, sua condição clínica é estável. O principal suspeito da tentativa de homicídio é o ex-marido da vítima, que também seria o responsável pelo assassinato de Adriana Tavares Vale, amiga de Maria das Dores. As duas estavam juntas quando foram perseguidas e atacadas pelo homem.

Mulher ferida foi atendida e encaminhada para o HUT em Teresina (Foto: CampoMaioremfoco)Mulher ferida foi atendida e encaminhada para o
HUT em Teresina (Foto: CampoMaioremfoco)

De acordo com informações cedidas pelo HUT, Maria das Dores encontra-se estável e consciente, aguardando por uma bateria de exames, uma vez que seu estado inspira uma série de cuidados, pois a vítima teve a região cervical de seu corpo bastante lesionada durante a agressão.

Segundo a delegada da Polícia Civil, Thaís Paz, o local do crime foi periciado, sendo inclusive enviados para análise alguns objetos encontrados nas proximidades, como uma pedra e uma tesoura, possivelmente utilizados pelo suspeito na agressão. A delegada afirmou ainda que as testemunhas começarão a serem ouvidas na tarde desta quinta-feira (23).

“A perícia onde o crime ocorreu já foi feita e retiramos de lá os objetos que foram usados no delito, como uma pedra e uma tesoura, encontrados na cena. As testemunhas ainda não foram ouvidas porque estavam no velório da Adriana, mas irão comparecer à delegacia na tarde de hoje”, contou.

A polícia está trabalhando para localizar o suspeito, e possui diligências percorrendo a região desde a madrugada. Para a delegada civil, as buscas devem surtir efeito em breve.

“Já sabemos de quem se trata e temos homens procurando por ele desde a madrugada. Acredito que ele será encontrado em breve, para responder por suas ações”, disse a delegada.

Entenda o Caso
O crime ocorreu por volta das 14h de quarta-feira (22) na estrada vicinal próxima ao povoado Santa Izabel, na cidade de Campo Maior, quando o suspeito perseguiu e derrubou de uma moto sua ex-mulher Maria das Dores e sua amiga e também professora Adriana Tavares Vale, que  faleceu ainda no local.

Após a queda, o suspeito teria agredido Maria das dores nas regiões do pescoço, costas e rosto com uma pedra e um objeto perfurante e logo em seguida fugiu.

O corpo de Adriana Tavares foi então transferido para o Hospital Regional da cidade, e liberado para a família, sendo sepultado na manhã desta quinta-feira.

 


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários