Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Aprenda como reforçar os estudos em Ciências da Natureza para o Enem

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

Faltando pouco mais de duas semanas para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o G1 ouviu dicas dos professores da área de Ciências da Natureza, que abrange as disciplinas de biologia, química e física. Na reta final dos estudos, os docentes falaram sobre os possíveis assuntos a serem cobrados e como o estudante deve reforçar o que aprendeu durante as revisões.

 
GUIA DO ENEM
Provas serão dias 8 e 9 de novembro
datas das provas edital do enem dicas para as provas como funciona a pontuação simulado e guia de estudos dicas em vídeos

FAÇA AGORA O ÚLTIMO SIMULADO DO ENEM

Biologia
O professor Alberto Rodrigues destacou que o Enem costuma trazer muitas questões sobre ecologia, pois tem como tema central o meio ambiente. "A prova sempre traz os conteúdos tradicionais e tenta atrelar à questão ambiental. O exame visa muito a questão da leitura e a interpretação é que vai fazer a diferença de fato na hora da avaliação do aluno", disse.

Professor aconselha aluno treinar o estudo resolvendo questões (Foto: Catarina Costa / G1)Professor aconselha aluno treinar o estudo
resolvendo questões (Foto: Catarina Costa / G1)

Segundo o docente, para o estudante otimizar o tempo durante as questões é necessário ter uma preparação e que nos últimos dias antes da prova o aluno deve procurar resolver questões.

"O candidato deve dar preferência aos temas que tem afinidade, não bater muita cabeça com assuntos que ele está desatualizado. É importante que ele venha também estudando por provas anteriores para conhecer, pois muitas vezes o aluno tem o conteúdo, mas não está adaptado ao padrão Enem. O estudante deve treinar exercícios nestes últimos dias, participar das revisões porque elas sempre vão trazer novidades e técnicas", acrescentou.

Professor de química orienta estudante a otimizar o tempo durante as questões (Foto: Catarina Costa / G1)Professor de química orienta estudante a otimizar
o tempo (Foto: Catarina Costa / G1)

Química
Para o professor Arnaldo Neto, as questões do Enem envolvendo química são bem diversificadas, só que algumas já têm as características de todo ano cair, como termoquímica, aterro sanitário e reciclagem. "São assuntos bastantes discutidos e que a banca chega a dar até sugestões para o problema do lixo, por exemplo, ou sobre o problema do plástico que demora muito para se decompor. Radioatividade, petróleo e outros combustíveis fósseis são outros temas questionados e têm sido abordados exatamente para que as pessoas fiquem mais conscientes", contou.

Ainda de acordo com o químico, o Enem tem evitado cálculos e cobrado mais teorias, mesmo assim é preciso ter cuidado com o tempo. "No ano passado o exame voltou a ser uma prova mais tradicional. As questões diminuiram o tamanho, que antes eram bastantes cansativas, e isto ajudou no tempo também. O candidato deve demorar um minuto para cada item, menos a de cálculo que exigem mais tempo. Aconselho fazer primeiro as questões de cálculos e depois as teóricas, não se prender muito ao item que não saiba fazer, porque pode perder outras questões mais importantes", destacou.

Para professor de Física, algumas informações da questão estão no próprio título (Foto: Catarina Costa / G1)Para professor, enunciado traz informações
para responder  a questão (Foto: Catarina Costa)

Física
O professor Franklin Rinaldo relatou ao observar edições anteriores do exame é possível perceber que os assuntos referem-se a concentração na mecânica, como as leis de Newton e equilíbrio dos corpos. "Posso destacar também ondas, na parte elétrica talvez cobrem energia e potência, porque tem chamado atenção o seu consumo, racionamento e sua produção. É um conteúdo que em provas anteriores tem sido tratado", comentou.

Segundo o docente, o Enem tem a característica de buscar o conhecimento do aluno de forma generalizada, então a prova traz tabelas, gráficos, figuras e textos. "É de suma importância que o candidato possa recaptular ou retirar estas informações da própria questão. Ler o item com calma, maximizando o tempo, porque ele precisa ser rápido e eficiente. Quando o candidato tiver dúvida numa questão, é melhor seguir para próxima que tem uma certeza maior e depois retornar. Porque se ele perder muito tempo na questão díficil, quando chegar na fácil o tempo dele estará reduzido e acaba lendo de forma apressada, sem a mesma eficiência e perderá duas questões", contou.

Como a prova de física é realizada com outras disciplinas que também exigem cálculos, Franklin ressaltou que o aluno precisa ir descansado para ter uma maior concentração. "Como o exame é longo, com bastantes questões, é necessário que o candidato fique de repouso no dia anterior", declarou.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários