Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Belga ateia fogo na própria casa após brigar com a mulher no Litoral do PI

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

Um belga que mora no Litoral do Piauí ateou fogo na própria casa na noite de quinta-feira (21) na Praia de Barra Grande, cidade de Cajueiro da Praia. Segundo a polícia, o fato aconteceu após o homem ter discutido com a sua mulher. Além da residência, dois carros do casal que estavam no local foram completamente destruídos pelas chamas.

Companhia Independente de Policiamento Turístico de Luís Correia (Foto: Patrícia Andrade/G1)Ocorrência foi atendida pela Companhia de
Policiamento Turístico de Luís Correia
(Foto: Patrícia Andrade/G1)

De acordo com informações do capitão Valdeci Galeno, da Companhia Independente de Policiamento de Luís Correia, o homem estava visivelmente fora do controle e durante a briga com a mulher tocou fogo na casa. “O homem estava bastante alterado. Segundo relatos de vizinhos, ele começou a tocar fogo na casa após uma longa briga com a mulher. A casa era toda estruturada de madeira e palha e por isso rapidamente o fogo se alastrou tomando de conta de toda a estrutura, inclusive dois carros do casal que estavam na garagem também foram consumidos pelas chamas”, explicou.

A polícia informou que o Corpo de Bombeiros foi acionado, mas não conseguiu chegar ao local a tempo. O fogo foi controlado por um carro-pipa da região que foi acionado pelos policiais. “Como o fogo se espalhou muito rápido tivemos que contar com a ajuda desse carro-pipa, pois os vizinhos estavam como medo do fogo se alastrar para as casas uma vez que todas as residências são de palha e madeira”, contou o capitão.

Ainda conforme informações apuradas pela polícia no local, o belga estava muito abalado, pois parte de um terreno que ele comprou foi desapropriado pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama). O capitão informou que nesses casos só haverá alguma punição caso a mulher reclame os seus direitos.

“Nesses casos uma punição só seria possível se a mulher entrasse com alguma reclamação, mas pelo que constatamos no local ela estava do lado do marido e chegou até a afirmar que não foi culpa dele. O prejuízo foi muito grande para eles e nem temos como colocar um valor, mas esses danos acabam sendo uma punição”, relatou.

Confome o capitão da PM, o casal é natural da Bélgica e já está há algum tempo no Litoral do Piauí. Apesar da gravidade do incêndio ninguém chegou a ficar ferido.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários