Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Pacientes denunciam falta de atendimento nos hospitais de Teresina

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

A falta de atendimento médico e de vagas nos hospitais públicos de Teresina mais uma vez foi denunciada no telejornal PI TV 1ª Edição (vídeo ao lado). A equipe de reportagem, após receber denúncia dos próprios pacientes, visitou dois hospitais de Teresina: um localizado nos bairro Satélite, na Zona Leste, e o outro no Buenos Aires, na Zona Norte. O clima nas duas unidades de saúde foi de insatisfação e descaso com aqueles que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS). 

O atendimento que deveria ser iniciado às 7h, começou depois das 7h30; e a urgência que deveria estar disponível durante 24horas, quase nunca acontece. O caminhoneiro Oseas da Silva, que acompanha um idoso no Hospital do Satélite, comenta que se vê obrigado a esperar mesmo entendendo que os médicos e outros profissionais do hospital deveriam cumprir o horário de trabalho. “Ou espera ou morre. O atendimento é muito fraco. Bom mesmo seria se o médico estivesse aqui para atender rápido”, disse Oseas. Já outro paciente, o pedreiro Antônio Gomes, lamenta: “aqui não é bom, mas não temos pra onde correr”.

Há poucos dias, a auxiliar de serviços gerais Luana Moraes viveu mais uma situação complicada ao depender do atendimento do Hospital do Satélite. “Ela esperou bastante tempo para poder ser atendida porque as filas estavam enormes, sendo que ela tem 89 anos. Ela chegou há ficar um tempo internada, mas ficou sem vaga nos leitos e foi transferida para outro hospital”, disse Luana. 

Já no Hospital do Buenos Aires, o problema é que o pronto-socorro não conta com um médico-cirurgião. O servente Antônio Miranda chegou cedo para ser atendido, mas até às 10h, o médico não havia chegado para consultá-lo. Ele fez uma cirurgia de apêndice e está preocupado porque a barriga está inchada, sem explicações aparente. O lavrador José Santos passou a manhã com fortes dores, mas a resposta que recebeu foi que o médico não estava para atendê-lo na urgência.

A direção do Hospital Satélite informou que nenhum médico faltou ao trabalho nesta quinta-feira (17), houve apenas atraso na troca de plantão, mas o atendimento foi normalizado. Com relação ao Hospital do Buenos Aires, excepcionalmente na data de hoje um dos profissionais da escala não compareceu ao trabalho. As assessorias se limitaram a responder somente essas questões, não esclarecendo os ouros problemas denunciados pelos pacientes entrevistados nesta reportagem.

 


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários