Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Em Teresina, 1º dia de Copa registra 18 acidentes e 156 multas aplicadas

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

A Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) e a Superintendência Municipal de Trânsito de Teresina (Strans) divulgaram o resultado da operação que foi montada nessa quinta-feira (12) nos principais pontos de concentração de torcedores durante o jogo de estreia do Brasil na Copa do Mundo. Ao todo foram registrados 18 acidentes sem vítimas fatais e aplicadas 156 multas em Teresina.

Segundo o comandante da Ciptran, major Adriano Lucena, a ação contou com mais de 80 agentes dividos em 16 equipes. “Através desse trabalho em conjunto com a Strans, conseguimos atuar em todos os pontos com maior movimentação de pessoas. Por isso consideramos o resultado positivo”, disse Lucena.

O comandante também destacou a aplicação de 156 multas aos condutores que infringiram o Código de Trânsito Brasileiro. “Os casos mais frequentes foram de motociclistas pilotando sem o uso de capacete e condutores de veículos sem o cinto de segurança. A maioria das multas foi aplicada no bairro Saci, Zona Sul”, informou Adriano Lucena.

Além das infrações, a Ciptran informou que fez a remoção de 18 veículos, recolheu 12 documentos irregulares e mais sete Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH). "Tambem realizamos oito testes de alcoolemia. Desses, uma pessoa foi presa em flagrante, as outras responderão apenas medidas administrativas”, destacou o major Lucena.

A maioria dos 18 acidentes registrados pela Ciptran aconteceu no bairro Santa Maria da Codipi, na Zona Norte da capital. “Felizmente os acidentes foram leves e sem vítimas fatais. Isso, porque a maioria das pessoas já entendeu que é ilegal e um risco dirigir sob o efeito de álcool”, destacou o comandante.

Sobre a fiscalização a ser realizada nos próximos dias em que acontecerão jogos da Seleção Brasileira, o comandante confirmou que a Ciptran e Strans vão intensificar ainda mais as blitzen. “Apesar do bom resultado, vamos aumentar o número de agentes e convocar outras instituições como a Polícia Civil, através da perícia criminal, para atuarmos juntos e agilizar os atendimentos”, informou o major Adriano Lucena.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários