Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Após oito dias, termina greve dos servidores da saúde de Teresina

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

Os servidores da saúde do munícipio voltaram as suas atividades normais nesta quarta-feira (11). A decisão foi tomada em assembleia realizada nesta amanhã. De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais (Sindserm), Letícia Campos, a ilegalidade do movimento e o adiamento da votação do projeto de lei que concede reajuste linear de 5,85%.

“A categoria achou melhor voltar ao seu local de trabalho, garantir o atendimento a população e acompanhar a questão da votação do aumento. Dependendo dos desdobramentos, a greve pode voltar. Também protocolamos pela segunda vez uma solicitação de reunião com a prefeitura”, disse Letícia.

A presidente do Sindserm afirmou que também vai acionar o Tribunal de Justiça do Piauí para esclarecer pontos sobre o decreto de ilegalidade do movimento. “A Prefeitura de Teresina utilizou informações inverídicas para conseguir a ilegalidade da greve. Eles disseram que não protocolamos um pedido de reunião antes de realizar a paralisação, quando temos documentos que provam que isso é mentira”, disse.

A categoria estava parada desde o dia 3 de junho. A justificativa utilizada foi que os cerca de seis mil enfermeiros, auxiliares e técnicos em enfermagem ficaram de fora do aumento linear. Seis após o início da greve,no dia 9, o Tribunal de Justiça decretou do ilegalidade do movimento. Segundo o advogado João Ricardo Imperes Lira, da Fundação Hospitalar de Teresina, o TJ acolheu o pedido o argumento de que os serviços paralisados são essenciais e imprescindíveis à saúde pública municipal.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários