Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Transferidos da Central de Flagrantes levam risco para bairros, diz delegada

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

Após rebelião nessa terça-feira (5), que destruiu parte da estrutura da Central de Flagrantes, alguns presos do local começaram a ser transferidos. Segundo a Polícia Civil, 39 detentos foram encaminhados para a Casa de Custódia, Polinter e 21º Distrito de Polícia, localizado no Bairro Usina Santana, em Teresina.

De acordo com a Delegada Andréa Magalhães, presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Civil do Piauí, a transferência para outras delegacias apenas levam o risco de fuga e rebelião para outros bairros.

Wellington Rodrigues, diretor de Presídios do Piauí, afirmou que o sistema prisional não tem como receber mais detentos. “Hoje o problema da superlotação não é mais um privilégio da capital, as penitenciárias do interior também estão todas com o número de presos além da sua capacidade”, falou o diretor.

A Delegada Andréa disse que vai recorrer ao Ministério Público para que tome as providências. “Vou recorrer ao Ministério Público porque não estão cumprindo a ordem judicial, instaurando o caos dentro da Polícia Civil por conta da ineficiência de resolver o problema da custódia de presos. A solução tem que partir de dentro do Sistema Prisional e não da Segurança Pública, que não resolve nada, apenas divide o problema para as outras delegacias, o que é lamentável”, disse.

Na noite dessa terça-feira (5), três presos foram encaminhados para a Central de Flagrantes e ficaram na cela de triagem que não foi afetada pelos presos. No plantão estavam apenas quatro policiais e dois delegados


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários