Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Três apreensões por crime eleitoral são feitas em menos de 12h no Piauí

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

Pelo menos três apreensões relacionadas a crime eleitoral foram feitas no Piauí em menos de 12 horas. A Polícia Militar do Piauí apreendeu na noite desse sábado (5) o valor de R$9 mil na cidade de Miguel Alves, Norte do estado. De acordo com o coronel Jaime Oliveira, o dinheiro estava com um rapaz, que não teve o seu nome revelado. Com ele também foi encontrado material de campanha eleitoral. Em Bom Jesus, região Sul, a Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem que conduzia um veículo modelo Ford Ranger e com ele  foi encontrada uma escopeta calibre 12 com cinco munições intactas e santinhos de um candidato a deputado estadual.

 
ELEIÇÕES 2014 NO PI
Notícias, pesquisas e apuração de votos
candidatos a governador candidatos a senador candidatos a deputado federal candidatos a deputado estadual datas das eleições tira-dúvidas jogo eleitoral

Durante a abordagem,  o condutor argumentou, espontaneamente,  que o veículo era alugado para a Prefeitura de Redenção do Gurguéia,  onde seu filho é prefeito. Informou também que residia em Redenção do Gurguéia e usava o veículo para se deslocar ao seu comércio,  na cidade de Bom Jesus. De acordo, com a PRF, o homem será autuado por crime eleitoral e porte ilegal de arma de fogo.

Na tarde do sábado, após um mandado de busca e apreensão na casa do prefeito de Milton Passos (PRB), da cidade de Pau D´Arco do Piauí, a 63 km ao Norte de Teresina, policiais civis encontraram mais de R$ 52 mil em dinheiro e cheques, além de uma lista com nomes, número do título e endereço dos supostos eleitores.

De acordo com o chefe de plantão do 14º Distrito Policial, Airton Lira, na ação a primeira dama do município, Assunção Passos, foi presa em flagrante sob a suspeita de compra de voto, o que caracteriza crime eleitoral.

Os policiais ainda encontraram uma planilha individualizada para doação de próteses dentárias, mas sem dados eleitorais. O G1 tentou contato com o prefeito Milton Passo e com o advogado da primeira dama, mas eles não foram encontrados para falar sobre o assunto.

Os três casos foram encaminhados à Justiça Eleitoral.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários