Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Corpo de policial que morreu após tiro acidental é enterrado em Teresina

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

Foi enterrado neste sábado (4) o corpo de um policial civil que foi baleado acidentalmente no segundo dia de trabalho em Curimatá, ao sul do Piauí. O sepultamento de Marcel Franklin Lima foi marcado por dor e comoção e ocorreu no cemitério do Buenos Aires, na Zona Norte de Teresina.

Aos 29 anos, formado em direito, ele havia entrado na Polícia Civil há menos de um mês. Lotado na Delegacia Regional de Curimatá e há cerca de 10 dias ele teria sido baleado acidentalmente no próprio local de trabalho e morreu nessa sexta-feira (3) em um hospital particular da capital.

As causas do acidente ainda estão sendo investigadas, mas segundo o delegado geral da Polícia Civil do Piauí, o tiro acidental teria partido da arma de outro agente e que aguarda a conclusão do inquérito policial.

De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis do Piauí (Sinpolpi) os policiais não recebem o treinamento adequado no curso de formação para manusear a arma que vão utilizar. “Os policiais que passaram por treinamento prático de tiros só disparam apenas 30 vezes, já os policiais federais chegam a efetuar 800 durante os treinos para cada policial, então ocorre uma diferença muito grande”, disse Constantino Junior, presidente do sindicato.

De acordo com o delegado geral, James Guerra, o treinamento da Polícia Civil do Piauí é semelhante em todo o Brasil.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários