Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Mais de 2 mil policiais são enviados para atuar no interior durante eleições

  • Por:  
  • Publicado em Piauí
Publicidade

As tropas da Polícia Militar que vão atuar no dia das eleições em todos os municípios do Piauí começaram a sair na manhã desta quinta-feira (2) de Teresina. Hoje, saíram 2.079 policiais para reforçar a segurança em 215 municípios. Esses militares irão se juntar com o policiamento existente em cada uma das cidades e ao todo serão 4.244 policiais militares trabalhando na eleição.

Polícia Militar antecipou envio de tropas para fazer segurança no interior durante as eleições (Foto: Catarina Costa / G1)Polícia Militar antecipou envio de tropas para fazer segurança no interior durante as eleições (Foto: Catarina Costa / G1)

Segundo o coronel Jaime Oliveira, coordenador da Operação Eleições, a PM vai trabalhar com três vertentes que são: capital, região metropolitana e interior. “Na capital são 277 policias que irão atuar em 204 locais de votação. Na região metropolitana, que são oito cidades (Demerval Lobão, Lagoa do Piauí, Pau D’Arco, Altos, União, José de Freitas e Lagoa Alegre), são 197 policiais em cinco zonas eleitorais. No interior, que são 215 municípios, são 2.079 policiais”, explicou o coronel.

Mais de 2 mil policiais deixaram a capital com destino à cidades do interior do Piauí (Foto: Catarina Costa / G1)Mais de 2 mil policiais deixaram a capital com
destino à cidades do interior do Piauí
(Foto: Catarina Costa / G1)

A saída antecipada dos policias foi devido o acirramento da disputa eleitoral existente em algumas cidades do interior, principalmente em Guadalupe e Uruçuí. “O grande acirramento político levou a polícia a antecipar a sua saída. Ao chegar nas cidades os policias vão realizar um policiamento ostensivo, já no sábado eles vão para os locais de votação as 7h30 para receber as urnas e somente no domingo eles vão entregar a urna para o presidente da zona. Nesse dia o policial vai ficar a 100 metros do local de votação para que não tenha nenhum crime eleitoral”, disse.

Durante esse período de eleições os crimes comuns serão encaminhados para a Polícia Civil e os crimes eleitorais para o juiz eleitoral de cada zona. “Nosso objetivo é garantir de forma democrática as eleições dando direito ao cidadão de ir votar e exercer a sua democracia na escolha de governantes. Pensando nisso cada local de votação terá pelo menos um policial militar”, completou.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários