Tribunais eleitorais da Bahia e de Minas promovem ação do voto consciente

  • Por:  
  • Publicado em Política
Publicidade
A três dias das eleições municipais, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) fez hoje (29) uma ação pelo voto consciente nas cidades de Salvador e Vitória da Conquista, sudoeste do estado.
Durante duas horas, uma urna ficou à disposição do público, que deveria responder duas perguntas elaboradas pelo TRE. Em Salvador, a ação ocorreu em um shopping, no centro da cidade, onde 68 pessoas participaram.
As duas perguntas eram feitas a cada eleitor participante, que deveria responder, utilizando a urna eletrônica.
A ação simulou todos os passos de uma eleição tradicional, incluindo a impressão da zerésima (comprovação de que todos os candidatos estão registrados na urna e que não há nenhum voto computado, antes da votação) e o boletim do resultado final.

Para a primeira pergunta  “O que quer melhorar na cidade?” foram disponibilizadas sete opções de resposta, como saúde, educação, transporte, segurança, meio ambiente, saneamento básico e cultura. Ao fim da tarde, o TRE-BA divulgou o resultado: com 22 votos (32%), a área da segurança foi apontada como a que mais precisa de atenção, em Salvador.

Em seguida, a educação obteve 21 votos (30%) e saúde, 19 votos (28%). Segundo o tribunal, a maioria dos eleitores – 50 dos 68 participantes - acertou que a resolução das demandas citadas são de competência do Executivo municipal.

A ação pelo voto consciente é uma campanha do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em conjunto com os tribunais regionais dos estados da Bahia, Goiás, Minas Gerais, Paraná e Tocantins. Além das ações nas ruas, o Ministério Público Eleitoral (MPE) divulgou a campanha no twitter - #VotoConsciente.

Belo Horizonte

Em Belo Horizonte, a urna foi colocada desde às 7h na Rodoviária. No local, também foi estacionado o ônibus TRE Aqui, que prestava esclarecimentos sobre as eleições e fornecia formulários para quem vai justificar o voto. No domingo (2), o veículo também estará no local e será mais um ponto onde os eleitores poderão justificar a ausência no processo eleitoral.

Outro ônibus estacionado no Aeroporto de Confins terá a mesma função. Devem entregar justificativa aqueles que não estarão nas cidades onde votam no dia da eleição. Além dos dois pontos, o formulário de quem estiver em Belo Horizonte poderá ser apresentado em qualquer sessão eleitoral.

Com informações da Agência Brasil

 


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários