#ForçaChape: jogos no Brasil estão adiados e clubes propõem apoio à Chapecoense

  • Por:  
  • Publicado em Esporte
Publicidade
Após o acidente com avião que matou 71 pessoas, incluindo jogadores, comissão técnica e diretores da Chapecoense, jogos das equipes brasileiras do final do ano estão suspensos.
A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) cancelou todas as atividades da entidade.
O Atlético Nacional solicitou a Confederação que consagre a Chapecoense como campeão honorífica da competição.
Ainda não há decisão sobre o assunto.
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também decretou adiamento de todas as partidas previstas pela Copa do Brasil e pelo Brasileirão Série A por sete dias.

A final da Copa do Brasil entre Atlético Mineiro e Grêmio, que iria se realizar nesta quarta (30), em Porto Alegre, foi remarcada para o dia 7 de dezembro.

A última rodada do Brasileirão também foi adiada para o dia 11 de setembro. A Chapecoense, que está na nona posição na competição, enfrentaria o Atlético Mineiro, quarto lugar. O clube de Belo Horizonte se posicionou de forma contrária a realização da partida por questões humanitárias, considerando incabível sua realização. Mas o Atlético afirmou que seria preciso a deliberação da CBF e dos demais clubes da Série A. 

Durante o dia de hoje, clubes brasileiros começaram um movimento de solidariedade à Chapecoense, ao propor o empréstimo gratuito de atletas para o clube em 2017 e solicitar que o clube catarinense não fique sujeito ao rebaixamento à Série B pelas próximas três temporadas. A nota é assinada pelo São Paulo, Corinthians, Palmeiras, Santos, Portuguesa, Joinville, Coritiba, Cruzeiro, Vasco, Fluminense, Botafogo.

O Libertad, clube paraguaio que disputou as oitavas de final da Copa Sul-Americana contra a Chapecoense em 2015, anunciou pelo twitter que também coloca todo seu elenco à disposição para atuarem em jogos que prestem homenagens à Chapecoense. 

COMUNICADO OFICIAL DEL CONSEJO DIRECTIVO DEL CLUB LIBERTAD#ForcaChape #TAMOJUNTOCHAPE pic.twitter.com/Huu1JgRPvu

Com informações da Agência Brasil


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários