Palmeiras vence a Chapecoense e confirma título

  • Por:  
  • Publicado em Esporte
Publicidade
Confirmado! O Palmeiras é o campeão da Série A de 2016.
Diante de sua torcida, no Allianz Parque, o Verdão fez mais do que precisava e garantiu o título da temporada neste domingo (27).
Com gol coletivo, finalizado por Fabiano, o time paulista venceu a Chapecoense por 1 a 0 e chegou à nona conquista da competição.
Também pela 37ª rodada, o Flamengo derrotou o Santos por 2 a 0, no Maracanã, e assumiu o segundo lugar.
O São Paulo, fora de casa, venceu o Atlético-MG por 2 a 1, enquanto o Internacional, no Beira-Rio, derrotou o Cruzeiro por 1 a 0.

Precisando apenas de um ponto para ser campeão, o Palmeiras não decepcionou o torcedor alviverde na despedida do Allianz Parque em 2016. Diante da Chapecoense, o Verdão venceu por 1 a 0 e confirmou o título de campeão na temporada. O único gol do jogo foi semelhante à postura da equipe durante o ano: de forma coletiva. Dudu cobrou falta e rolou para Zé Roberto, que mandou rasteiro para a entrada da área. Gabriel Jesus fez o corta-luz, Moisés tocou de letra, e Fabiano mandou por cobertura: golaço! Confirmando o título, o Verdão seguiu pressionando até os minutos finais, sem espaços para a Chapecoense. Antes do apito final, Fernando Prass entrou em campo para completar a festa alviverde com o eneacampeonato do Brasileirão. O Palmeiras tem 77 pontos e pode fechar a campanha vitoriosa com 80. A Chape, com 52, ocupa o nono lugar.

Ainda com chances matemáticas de título, o Santos visitou o Flamengo, no Maracanã, e viu o time da casa abrir o placar logo no início de jogo. Aos quatro minutos, Guerrero aproveitou saída errada da equipe santista, recuperou a bola e acertou uma bomba de fora da área: 1 a 0. Apesar da maior posse de bola do Peixe, foi a equipe carioca que criou mais chances reais de gol. Em uma delas, Gabriel cabeceou a bola no travessão. Buscando o empate, o Santos chegou perto em cabeçada de Ricardo Oliveira, parada na boa defesa de Alex Muralha. O Fla seguiu com boas oportunidades e conseguiu ampliar aos 39 do segundo tempo, com Diego: 2 a 0. Com o resultado, o Flamengo tomou o segundo lugar do Santos, com 70 pontos. Em terceiro, o Peixe soma 68.

Comandado por Diogo Giacomini, ex-técnico do sub-20 e que assumiu após a demissão de Marcelo Oliveira, o Atlético-MG saiu na frente diante do São Paulo aos 22 minutos do primeiro tempo. Após pressão, o Galo marcou com Hyuri, que cabeceou para o gol após cruzamento de Carlos Eduardo: 1 a 0. O Tricolor Paulista, que também está com comando interino – o treinador Pintado, que assumiu após a saída de Ricardo Gomes –, empatou dois minutos depois. Em falta cobrada de média distância, Maicon coloca no ângulo direito de Giovanni e deixou tudo igual no Independência: 1 a 1. Aos 45 minutos finais, Gilberto recebeu de Robson e virou para o São Paulo: 2 a 1. Com 62 pontos, o Atlético ocupa o quarto lugar da competição, enquanto o São Paulo, com 49, subiu para a 11ª posição.

No Beira-Rio, o Internacional respirou um pouco mais aliviado na luta contra o rebaixamento. Precisando vencer nas duas últimas rodadas, o Colorado bateu o Cruzeiro por 1 a 0 e chegou a 42 pontos, na 17ª posição. O Vitória, que entra em campo nesta segunda-feira contra o Coritiba, tem a mesma pontuação, em 16º. O gol colorado foi marcado por Valdívia. Aos 30 minutos do segundo tempo, o meia puxou contra-ataque com muita velocidade, driblou o marcador, foi para o meio-campo e arriscou o golaço: 1 a 0. Com o resultado, o Cruzeiro permanece na 12ª posição, com 48 pontos.

A 37ª rodada da Série A ficará completa nesta segunda-feira (28). Coritiba e Vitória se enfrentam às 20h, no Couto Pereira.

 

Com Informação CBF


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários