Palmeiras vence e se aproxima do título brasileiro

  • Por:  
  • Publicado em Esporte
Publicidade
O Palmeiras se aproximou ainda mais da conquista do título brasileiro. Neste domingo (20), em São Paulo, o Verdão bateu o Botafogo por 1 a 0, viu o Cruzeiro empatar no fim com o Santos em 2 a 2, em Belo Horizonte, e abriu seis pontos de vantagem na liderança do Brasileirão, faltando duas rodadas para o encerramento da competição.
A diferença pode diminuir para cinco, caso o Flamengo vença o Coritiba, às 19h30, no Maracanã. Nos outros jogos iniciados às 17h, os mandantes levaram a melhor. Em Salvador, o Vitória goleou por 4 a 0 e decretou o rebaixamento do Figueirense.
Em Porto Alegre, o Grêmio superou o América-MG por 3 a 0 e segue na cola do G-6. Em Curitiba, o Atlético-PR mostrou sua força como mandante e venceu o Sport por 2 a 0. Em Campinas (SP), a Ponte Preta bateu o Fluminense pelo placar de 1 a 0.

No Allianz Parque, em São Paulo, o líder Palmeiras tomou a iniciativa da partida e encurralou o Botafogo. Apesar da chances criadas, o Verdão parou nas mãos de Sidão e não conseguiu abrir o placar.

Após suportar a pressão alviverde, o Glorioso chegou a assustar na reta final da primeira etapa, apostando na velocidade de Neilton e Pimpão. Na volta do intervalo, o confronto se mostrou aberto com as duas equipes procurando o gol. Logo no primeiro minuto, Dudu saiu na cara de Sidão, que salvou os cariocas.

O Alvinegro respondeu com Neilton, que apostou em jogada individual e obrigou Jailson a fazer grande defesa. Aos 17 minutos, Gabriel Jesus cruzou na cabeça de Dudu. Na pequena área, o camisa 7 não desperdiçou e colocou o Palmeiras na frente.

Adiando a decisão do campeão brasileiro, o Santos empatou com o Cruzeiro em 2 a 2 no Mineirão, em Belo Horizonte, e segue na luta pelo título.

Após ir para o intervalo perdendo por 1 a 0, com o gol marcado por Arrascaeta, o Peixe mostrou poder de reação e virou na etapa final com dois gols de Ricardo Oliveira. Lutando até o fim, a Celeste chegou ao empate aos 43 minutos com Manoel e decretou o empate. Com a igualdade, o time paulista chega a 68 pontos. Já a Raposa soma 48 e cai para a 12ª posição.

Em Salvador, o Vitória mostrou sua força no Barradão e não deu chances ao Figueirense. Após acertar a trave com Kieza, o rubro-negro largou na frente aos 23 minutos com um golaço de Willian Farias. O meia acertou um belo chute da entrada da área e abriu o marcador, 1 a 0.

Na volta do intervalo, logo no primeiro minuto, o Leão ampliou com Zé Eduardo. Aos 11, Kieza acabou com jejum de sete jogos e fez o terceiro do Vitória. Após assistência para seu companheiro de ataque, Marinho também deixou o dele e fechou a goleada em 4 a 0, aos 15 minutos. Com 42 pontos, o time baiano se garante mais uma rodada fora do Z-4 e abre três para o Inter, que joga nesta segunda-feira (21) com o Corinthians. Já o Figueira não tem mais chances de se livrar do rebaixamento.

Na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o Tricolor gaúcho se impôs desde o início. Aos 10 minutos, Iago cobrou falta e achou Fred no meio da área para fazer 1 a 0. O segundo veio dos pés de Negueba. Aos 24, o atacante mostrou oportunismo e ampliou, 2 a 0. Na etapa final, o América-MG chegou com perigo aos quatro minutos com Tony, mas foi o time da casa que balançou as redes novamente. Aos 19 minutos, Bolaños tocou na saída de João Ricardo e sacramentou a vitória do Grêmio.

Com o triunfo, o Tricolor segue na cola do G-6 com 53 pontos, dois a menos que o Botafogo, sexto colocado.

Também brigando por uma vaga na Libertadores 2017, o Atlético-PR continua firme no G-6. Em Curitiba, o Furacão fez mais uma vitíma na Arena da Baixada: o Sport. Melhor mandante da competição, o rubro-negro paranaense construiu a vitória por 2 a 0 na primeira etapa. Aos 21 minutos, André Lima usou a cabeça para abrir o placar. Aos 34, Thiago Heleno encheu o pé na cobrança de pênalti e fechou o marcador. Com a 15ª vitória em casa, o Atlético-PR chegou a 55 pontos e subiu para a quinta colocação. Já o Sport segue com 43 na 15ª posição.

Outro mandante que se deu bem foi a Ponte Preta. No Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), a Macaca chegou ao gol da vitória ainda no primeiro tempo. Aos 41 minutos, Wendell recebeu de Rhayner, se livrou da marcação e tocou no canto de Júlio César para fazer o único gol da partida. Com o resultado, o Fluminense segue com 49 pontos e dá adeus ao sonho de participar da Libertadores em 2017. Com a mesma pontuação, o time paulista subiu para a nona posição.

 

Com informações da CBF


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários