Vendas para o Dia de Finados em floriculturas caem 31,8%

  • Por:  
  • Publicado em Economia
Publicidade
Às vésperas do Dia de Finados, a procura por flores no comércio especializado caiu 31,8% em relação a 2015, segundo pesquisa do Sindicato do Comércio Varejista de Flores e Plantas Ornamentais do Estado de São Paulo (Sindiflores) e da Hórtica Consultoria e Inteligência de Mercado para a Horticultura.
Entre os comerciantes de flores e plantas ornamentais entrevistados, 44% acreditam que as vendas para data este ano serão menores que no ano passado.
De acordo com o levantamento, algumas lojas decidiram inclusive fechar as portas no feriado, na próxima quarta-feira (2), por considerarem que as vendas não compensam os custos do funcionamento da empresa durante a data.
Destaque Levar flores aos cemitérios é um costume do Dia de Finados. Arquivo/Elza Fiúza/Agência Brasil Levar flores aos cemitérios é um costume do Dia de Finados.

Para 81% dos varejistas do setor, o aumento de ambulantes vendendo flores para o Dia de Finados influenciou a diminuição das vendas. A oferta de flores em supermercados também afeta o desempenho do comércio especializado, segundo a pesquisa.

Apesar do pessimismo, 50% das empresas entrevistadas pretendem fazer promoções para atrair clientes, oferecendo benefícios para o pagamento em dinheiro e ofertas do tipo pague 2 e leve 3.

Valor médio das flores

Entre as empresas varejistas entrevistadas, 44%, acreditam que o valor médio das vendas das flores para o Dia de Finados ficará entre R$ 15 e R$ 30, podendo chegar a R$ 60. 

Com informações da Agência Brasil

 


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários