CBF envia equipe a Chapecó para apoiar famílias de vítimas de queda de avião

  • Por:  F24
  • Publicado em Brasil
CBF envia equipe a Chapecó para apoiar famílias de vítimas de queda de avião - 4.0 out of 5 based on 1 vote
Publicidade
Uma equipe da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) está a caminho de Chapecó, em Santa Catarina, para organizar os trâmites de apoio às famílias das vítimas da queda do avião que levava a Chapecoense para a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, amanhã (30), em Medellín, na Colômbia.
"Uma grande delegação irá à Colômbia não apenas para acompanhar, mas para ajudar e apoiar na identificação dos corpos das vítimas para que possam rapidamente serem resgatados e voltar para homenagem das suas famílias e de todos os brasileiros", informou o secretário- geral da CBF, Walter Feldman, antes de embarcar junto com o diretor de marketing da entidade, Gilberto Ratto, e o chefe da equipe médica da confederação, Jorge Pagura.
Feldman disse que psicólogos da empresa aérea Gol, patrocinadora da Seleção Brasileira, também estão sendo deslocados em um avião da companhia para Chapecó, para o embarque das famílias das vítimas.

Rota definida

Como o aeroporto de Chapecó não é internacional, a aeronave depois seguirá para Guarulhos, de onde irá para a Colômbia. "Eles [a Gol] têm psicólogos que estão se deslocando para Chapecó e um grupo de profissionais da área médica e paramédica para dar todo o apoio. Nós transferiremos os familiares para a Colômbia para que eles possam nos ajudar na identificação. Tentaremos abreviar ao máximo porque o sofrimento é muito grande", afirmou, acrescentando que a CBF dará todo o apoio necessário do ponto de vista psicológico e material aos parentes das vítimas.

A previsão de chegada do avião da CBF a Chapecó é para as 16h e o da Gol às 19h.

Segundo o secretário, o governo federal se colocou à disposição para o deslocamento de aviões da Força Aérea Brasileira para que, após a identificação dos corpos, sejam trazidos para o Brasil.

Chapecoense é time jovem

Feldman lembrou que a Chapecoense é uma equipe jovem no futebol brasileiro e vinha se destacando na série A. "Estava se consolidando na série A já no quarto ano e tendo essa partida como o seu maior e mais expressivo momento", afirmou.

A CBF decretou luto de uma semana e, em conseqüência, ficou adiado pelo mesmo período o calendário de jogos da última rodada do Campeonato Brasileiro e da final da Copa do Brasil, que seria disputada amanhã entre Grêmio e Atlético Mineiro, em Porto Alegre. "Não haverá rodada na Copa do Brasil na quarta-feira. Não haverá rodada do Brasileirão no próximo domingo. Tudo está adiado por uma semana. Portanto, dia 7 e dia 11 nós retomamos as atividades", revelou.

De acordo com a CBF também foi adiada a final da Copa do Brasil sub-20 entre Bahia e São Paulo nesta quarta-feira. O secretário pediu a compreensão dos clubes brasileiros participantes dos campeonatos porque será necessário fazer também o adiamento das férias dos jogadores. "Esse é um evento de caráter mundial, possivelmente, o maior drama do futebol mundial não apenas do Brasil, portanto, necessita da compreensão, do apoio e da solidariedade de todos".

Edição: Kleber Sampaio

 

Com informações da Agência Brasil


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários