Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Compare personagens de 'Não pare na pista' e vida real de Paulo Coelho

Publicidade

Estreia nesta quinta-feira (14) a cinebiografia "Não pare na pista: A melhor história de Paulo Coelho", dirigida pelo estreante Daniel Augusto e com roteiro de Carolina Kotscho ("2 filhos de Francisco"). Os irmãos gaúchos Julio e Ravel Andrade interpretam o famoso escritor carioca, cuja vida foi dividida em três fases: adolescência, juventude e dias atuais. Abaixo, compare os personagens reais com suas representações no filme:

Paulo Coelho jovem

  Paulo Coelho em 1978, e Julio Andrade em 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)Paulo Coelho em 1978, e Julio Andrade em 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)

O ator Julio Andrade, que também já viveu os "personagens reais" Gonzaguinha, no cinema, e Raul Seixas em um especial da Globo, entra na parte ambientada nos anos 70. Esse período retrata a descoberta do escritor por sua espiritualidade, a partir da experiência com drogas e a criação da revista "2001".

Paulo Coelho Adolescente

Paulo Coelho em 1964, e Ravel Andrade em 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)Paulo Coelho em 1964, e Ravel Andrade em 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)

O estreante Ravel Andrade, que foi indicado a esse papel pelo próprio irmão Julio Andrade, atua em uma das fases mais dramáticas da vida do escritor. Em sua adolescência no Rio dos anos 60, os pais de Paulo Coelho o internaram duas vezes em um hospital psiquiátrico após ele tentar o suicídio em casa. Ele tinha crises com sua aparência por se achar o "cara mais feio e esquisito da turma". Também ficava mal por seu pai se recusar a comprar uma máquina de escrever.

Paulo Coelho hoje

Paulo Coelho em 2008, e Julio Andrade, com maquiagem para 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)Paulo Coelho em 2008, e Julio Andrade, com maquiagem para 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)

Para viver o escritor com 65 anos, Julio Andrade teve que usar uma máscara que pesava 5 kg e demorava 6 horas para colocar. Em entrevista recente, o ator deu sinais de não ter ficado completamente satisfeito com o resultado. "Às vezes não me reconheço e fico confuso. Da próxima, eu faria um workshop para poder interpretar com a máscara", disse Julio.

Christina Oiticica

Christina Oiticica, mulher de Paulo Coelho, e, à direita, Fabiana Gugli em 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)Christina Oiticica, mulher de Paulo Coelho, e, à direita, Fabiana Gugli em 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)

A atriz Fabiana Gugli é bem diferente de Christina Oiticica, contudo, em entrevista coletiva, ela comentou que a ideia realmente não era se parecer fisicamente com a mulher do escritor. "Conheci a Christina somente depois de gravar o filme, em um jantar que tivemos. A proposta não era ser idêntica a ela, mas acho que consegui mostrar sua importância na vida de Paulo", disse Gugli.

Raul Seixas

Paulo Coelho com Raul Seixas no Canecão nos anos 1970 (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)Paulo Coelho com Raul Seixas no Canecão nos anos 1970 (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)
Lucci Ferreira vive Raul Seixas e Julio Andrade, como Paulo Coelho, em 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação)Lucci Ferreira vive Raul Seixas e Julio Andrade, como Paulo Coelho, em 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação)

O ator baiano Lucci Ferreira contou, em entrevista, que seu sonho era interpretar o músico Raul Seixas. "Sempre fui fã dele e até fiz o teste para vivê-lo no especial 'Por toda a minha vida', mas foi o Julio [Andrade] que levou essa", contou. No filme, Lucci impressiona ao fazer uma voz muito semelhante a de Raul Seixas, principalmente nas cenas de apresentações em que chamava o parceiro Paulo Coelho para subir ao palco.

Lygia e Pedro

Paulo Coelho, com os pais Lygia e Pedro Coelho de Souza, em foto de 1951 (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)Paulo Coelho, com os pais Lygia e Pedro Coelho de Souza, em foto de 1951 (Foto: Divulgação/Fundação Paulo Coelho)
Enrique Diaz e Fabiula Nascimento vivem os pais de Paulo Coelho em 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação)Enrique Diaz e Fabiula Nascimento vivem os pais de Paulo Coelho em 'Não pare na pista' (Foto: Divulgação)

Fabiula Nascimento e Enrique Diaz vivem os pais de Paulo Coelho. No filme, a mãe do escritor, Lygia, é retratada como uma pessoa amável, que apoia o filho em seu amor pela literatura, mas que não se opõe quando o pai decide interná-lo em um hospital psiquiátrico. Já a relação entre Paulo e seu pai Pedro, um homem muito fechado, é conturbada, com divergências de opiniões, principalmente em relação ao seu futuro profissional. Em uma das cenas, essa frieza é quebrada quando Pedro chora ao ouvir na rádio a canção "Meu amigo Pedro", composta por Paulo e Raul Seixas.

 


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários