Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Biblioteca Pública de PE, no Recife, enfrenta problemas de infraestrutura

  • Por:  
  • Publicado em Pernambuco
Publicidade

Goteiras, infiltrações, baldes e plásticos cobrindo as estantes é uma das visões mais comuns de quem procura a Biblioteca Pública de Pernambuco, que fica na frente do Parque Treze de Maio, no Centro do Recife. O local tem 162 anos de história que poderiam estar bem conservados, mas, no entanto, afasta muitos leitores e estudantes por causa dos problemas de infraestrutura. O problema foi denunciado na reportagem do Bom Dia Pernambuco desta terça-feira (28).

No setor infanto-juvenil, fechado há mais de dois anos, os corredores apertados abrigam cerca de 15 mil livros, mas muitos deles estão encaixotados ou cobertos por lonas e plásticos transparentes nas prateleiras por causa das infiltrações. A biblioteca toda conta com 270 mil obras e 370 mil volumes de jornais e revistas, e na parte de empréstimo a situação é a mesma: baldes espalhados e muito plástico. Em uma das salas, uma parte do forro do teto caiu e não foi consertado. Ainda assim, o local costuma receber diariamente 1,5 mil visitantes.

O acervo geral fica fechado ao público com aspecto de abandono; no térreo, o terminal eletrônico de informações turísticas não funciona, nem o elevador. O primeiro andar, no entanto, já foi reformado e ganhou uma sala de referência. A situação piora do lado de fora, pois uma parte do estacionamento está interditado e o anexo da biblioteca, que começou a ser construído há três anos, não parece estar perto da conclusão. O local, que deveria abrigar auditório, cafeteria e sala de projeções, só tem sanitários e tapumes.

Muitos dos frequentadores reclamam do estado em que a biblioteca se encontra e acreditam que isso prejudica quem depende do local para fazer pesquisa. "É muito importante o acesso para as pessoas. Tem que incentivar os jovens, principalmente, com a leitura. Aqui é uma ótima fonte e essas dificuldades trazem problemas para as outras pessoas que tem a biblioteca como o único acesso [ao conhecimento e pesquisa]", critica a estudante Marina Maia. O funcionário público Antônio Francisco da Silva concorda. "É um prejuízo para os estudantes, não é? Principalmente para aqueles que querem fazer uma pesquisa e encontrando dificuldade no acesso à biblioteca", aponta.

De acordo com a diretora da Biblioteca Pública de Pernambuco, Roberta Alcoforado, a obra de recuperação do mezanino, área do terraço externo, está prevista para ser entregue em dezembro deste ano. “Nós tivemos problemas burocráticos, algumas exigências, mas que já estão sendo sanadas pelo Departamento de Engenharia da Secretaria de Educação da Prefeitura. Nós estamos aguardando com grande expectativa que esse serviço seja liberado no segundo semestre de 2015. A obra do mezanino, de recuperação do terraço externo está prevista para o final de dezembro. Esses plásticos foram uma medida preventiva nos dias de chuva para que não danifique o acervo, mas não é nada que interferiu a rotina e a dinâmica do setor”, defende.

Segundo Roberta, o setor infantil está fechado por causa de um grande processo de reforma, em virtude das infiltrações que do mezanino externo. “Essa realmente é uma fase que a população vai ter que ter paciência. Em 2015 vai estar aberto com todos os equipamentos”, aponta a diretora.


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários