Veja os resultados de outras Loterias

Mega
Lotomania
Quina
Lotofácil
Dupla
Timemania
Federal

Festival no Recife traz diversos gêneros musicais em show intimista

  • Por:  
  • Publicado em Pernambuco
Publicidade

Entre as atrações do festival está Coisinha, banda que vê clássicos da música infantil liderado por China (Foto: Divulgação / Caixa Cultural)Entre as atrações do festival está Coisinha, banda que vê clássicos da música infantil liderada por China (Foto: Divulgação / Caixa Cultural)

A cena independente ganha espaço no festival ‘Caixa Sonora’, que acontece no Recife de terça (28) a sábado (1º), na Caixa Cultural, no Marco Zero. São cinco gêneros musicais, com duas bandas a cada dia e uma apresentação extra no sábado (1º), voltada para o público infantil com ‘As Fadas Magrinhas’ e o novo projeto ‘Coisinha’, que conta com China, integrantes do Mombojó e outros parceiros.

Tibério Azul volta ao Recife após turnê mundial (Foto: Juliana Lombardi / Divulgação)Tibério Azul volta ao Recife após turnê mundial
(Foto: Juliana Lombardi / Divulgação)

O primeiro dia do festival, na terça (28), é dedicado à MPB contemporânea, com show do grupo ‘Os Sertões’ e também de Tibério Azul. “São duas bandas por dia, cada uma com sua apresentação, mas pode acontecer de um grupo fazer participação no show do outro. Quem vai abrir é Clayton Barros, com Os Sertões, e Tibério Azul, que são amigos. Começamos com chave de ouro e duas atrações muito bacanas”, conta o diretor musical do evento, Publius Lentulus.

O espaço do teatro Caixa Cultural, com apenas 96 lugares, proporciona uma proximidade maior com os artistas. “Esse festival é um presente para a cidade, a gente fez com muito carinho. São duas atrações, o que permite que, com um ingresso, você aproveite dois shows legais e até conheça um artista que ainda não conhece. E o público fica bem pertinho, é uma coisa de outro mundo, é outra relação com o público. Uma experiência bem legal”, avalia Publius.

Composições do trio são leves e experimentais, como brincadeiras (Foto: Beto Figueiroa/Divulgação)Composições do trio são leves e experimentais,
como brincadeiras (Foto: Beto Figueiroa/Divulgação)

A música instrumental tem espaço na quarta (29), com show de Hugo Linns e Saracotia, formado por Rafael Marques (bandolim), Rodrigo Samico (violão de sete cordas) e Marcio Silva (bateria), com composições leves. “Eles são os mais novos representantes da música instrumental, sendo que o Hugo traz uma moda de viola, mas fugindo daquela história da cantoria”, detalha o diretor musical.

A quinta (30) é exclusiva da música regional, com o pernambucano Tonino Arcoverde e o piauiense Beto Brito. A noite da música experimental acontece na sexta (31), com a apresentação da banda Nume e de Publius, que está ansioso para a experiência. “Esse é um show mais meticuloso, o público vai estar todo com a atenção em você. Eu estou muito feliz”, aponta.

Renata Rosa fecha o festival com sua rabeca (Foto: Michele Souza / Divulgação)Renata Rosa fecha o festival com sua rabeca
(Foto: Michele Souza / Divulgação)

Para fechar a programação, o sábado (1º) tem programação à tarde, começando com as Fadas Magrinhas e, em seguida, a apresentação do grupo Coisinha. “As Fadas Magrinhas são lindas, é um show muito bonito. Estou animado para ver também o Coisinha, que é com o China, um amigo de longa data, o pessoal do Mombojó e a Lula Lira, filha do Chico Science. Vai ser uma tarde bem bacana”, acredita o diretor musical.

À noite, quem sobe ao palco da Caixa Cultural é o Rabecando e a cantora Renata Rosa, mostrando a Folk Music brasileira. “Renata Rosa tem uma carreira internacional mais consagrada que aqui, pouca gente conhece o trabalho dela como cantora, compositora e rabequista”, conta Publius.

Os shows durante a semana acontecem às 20h, enquanto no sábado há duas sessões, às 16h e às 20h. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 (meia), à venda apenas na bilheteria da Caixa Cultural.

Serviço
Festival Caixa Sonora
Caixa Cultural - Av. Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife
Terça (28) - MPB Contemporânea | Os Sertões e Tibério Azul - 20h
Quarta (29) - Instrumental | Hugo Linns e Saracotia - 20h
Quinta (30) - Regional | Tonino Arcoverde e Beto Brito - 20h
Sexta (31) - Experimental | Publius e NUME - 20h
Sábado (1º) - MPB e Música Infantil | Fadas Magrinhas e Coisinha - 16h
Sábado (1º) - Folk Music | Rabecado e Renata Rosa - 20h
Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia-entrada), à venda na bilheteria da Caixa Cultural


Adicionar comentário

Importante: O conteúdo postado neste espaço é de responsabilidade do autor.


Código de segurança
Atualizar

Entre para postar comentários